- 3 sambistas em volta de 1 mesa e uma  CADEIRA VAZIA livre para que qualquer pessoa possa se sentar e interagir com os sambistas de maneira livre, cantando, tocando ou simplesmente falando.

 

- Cada uma das intervenções tem como tema central um sentimento , que orienta a pesquisa musical dos sambistas que apresentam 15 sambas sobre esse tema. Com isso cada edição é uma ode `a emoção escolhida,  catalogando sambas de uma maneira diferente, através dos sentimentos.

- As intervenções tem duração aproximada de 2 horas cada , realizadas em diferentes bairros da cidade de São Paulo, sempre em locais públicos de grande circulação de pessoas e são abertas a todas as pessoas.

-Projeto idealizado por Dani Turcheto